Triângulos de mirtilo e aveia para o pequeno-almoço

Barritas mirtilo 1

Quando eu era mais nova não gostava nada de tomar o pequeno-almoço – se não comesse em casa, eram 10 minutos de sono que eu ganhava. Hoje em dia não dispenso o pequeno-almoço, mesmo nas manhãs mais apressadas, e gosto de saber, na noite anterior, o que vou fazer no dia seguinte, afinal, é como qualquer outra refeição, o ideal é planear antecipadamente.

Barritas mirtilo 3

Esta semana estou ainda mais atarefada do que é costume e nem levantar-me cedo chega para conseguir dar conta de tudo o que tenho de fazer antes de sair de casa. Por isso, no fim-de-semana, preparei pequeno-almoço para toda a semana, que fui partilhando convosco no instagram. Nos últimos dias tem sido só fazer o chá ou café, enquanto trato da Maria Bolacha, que o pequeno-almoço já está pronto.

Chá das Cinco: Receita de barritas de mirtilos e aveia para o pequeno-almoço

Não estamos na época dos frutos vermelhos, mas esta receita usa fruta congelada, e, se não encontrarem embalagens só de mirtilos podem utilizar frutos vermelhos/silvestres misturados ou, como eu fiz, separar os mirtilos dos restantes frutos.

Triângulos de mirtilo e aveia

  • Servings: 8 triângulos
  • Imprimir

Chá das Cinco: Receita de barritas de mirtilos e aveia para o pequeno-almoço

Ingredientes

Base

  • 170 g farinha sem fermento
  • 75 g aveia
  • 120 g açúcar
  • 50 g açúcar amarelo
  • 1/2 c. sal
  • 115 g manteiga sem sal, derretida

Recheio

  • 300 g mirtilos, congelados
  • 80 g açúcar
  • 2 C. sumo de limão
  • 2 c. amido de milho

Preparação

  1. Pré-aqueça o forno a 180ºC e forre uma forma quadrada, de cerca de 20 cm, com papel vegetal;
  2. Numa taça grande misture a farinha, a aveia, os açúcares e o sal;
  3. Junte a manteiga derretida e misture, com uma colher de pau, até formar uma areia grossa;
  4. Coloque 2/3 da mistura na forma previamente forrada, calcando bem;
  5. Prepare o recheio, misturando todos os ingredientes numa taça;
  6. Coloque a mistura de mirtilos sobre a base calcada, distribuindo uniformemente;
  7. Cubra com a restante mistura de farinha e aveia, sem calcar;
  8. Leve ao forno pré-aquecido durante 55 minutos. Deixe arrefecer completamente antes de desenformar e cortar. Reserve numa caixa hermeticamente fechada.

1 triângulo: 357 calorias, 13 g gordura, 58 g hidratos de carbono, 3 g proteina

Como é a vossa rotina de pequeno-almoço?

Anúncios

Apple crumble

 

Chá das Cinco: Receita de apple crumble ou crumble de maçã

Uma das primeiras coisas que o Hugo soube sobre mim foi a minha paixão pela culinária mas, para quem faz uma alimentação saudável, os meus bolos e bolachas não podem ser frequentes. No entanto, o Hugo alinha em juntar-se a mim na cozinha e, por isso, começámos logo a cozinhar juntos em vez de jantar fora.

Apple crumble 3

Na primeira vez que jantámos juntos, demos voltas e voltas ao supermercado enquanto eu tentava decidir o que fazer que fosse (minimamente) saudável, não precisasse de muito tempo de preparação, nem de imensos ingredientes. No fim, comprámos maçãs e gelado de baunilha e preparámos, em poucos minutos, um apple crumble para terminar a refeição.

Chá das Cinco: Receita de apple crumble ou crumble de maçã

O apple crumble é uma sobremesa rápida, que não precisa de medições, pode ser tudo feito a olho, e é óptimo em qualquer altura do ano com o contraste do quente e frio quando servido com gelado de baunilha.

Apple crumble

  • Servings: 2 pessoas
  • Imprimir

Apple crumble 4

Ingredientes

Recheio de maçã

  • 2 maçãs verdes
  • 15 g farinha sem fermento
  • 1 c. canela em pó
  • 50 g açúcar mascavado
  • 1/2 c. extracto de baunilha
  • 25 g manteiga sem sal, em cubos pequenos

Cobertura de crumble

  • 20 g aveia grossa
  • 60 g farinha sem fermento
  • 30 g açúcar mascavado
  • 1/2 c. canela em pó
  • 50 g manteiga sem sal, em cubos pequenos

Preparação

  1. Pré-aqueça o forno a 180ºC e unte uma travessa pequena com manteiga;
  2. Descasque e corte as maçãs em pedaços pequenos;
  3. Numa taça grande misture todos os ingredientes do recheio excepto a manteiga e misture bem com a ajuda de uma colher;
  4. Coloque o recheio na travessa previamente untada e disponha os cubos de manteiga por cima;
  5. Numa taça misture todos os ingredientes do crumble e massage-os com os dedos, até criar uma areia grossa;
  6. Cubra a mistura de maçã com o crumble e leve ao forno durante 20 minutos ou até o topo estar dourado e as maçãs cozidas e a borbulhar;
  7. Sirva imediatamente com gelado de baunilha ou chantilly.

1 dose: 460 calorias, 22 g gordura, 63 g hidratos de carbono, 5 g proteina

Qual foi a primeira coisa que cozinharam para a vossa cara-metade?

Chá das Cinco: Receita de pizza de fruta

A última semana passou a correr. Entre preparar tudo para a Euro Steam Con, os dias do evento e uma visita relâmpago a Lisboa para novos projectos do Chá das Cinco, o blog ficou por actualizar. Em compensação, para quem não esteve presente, nos próximos dias podem ir descobrindo fotos do evento na página do facebook.

Chá das Cinco: Receita de pizza de fruta

No último post falei no brunch e no que é, para mim, indispensável num brunch, como ter uma opção com fruta (fresca ou não). Esta pizza de fruta veio, no último brunch, preencher esse requisito. Embora já me tivesse cruzado várias vezes com receitas e fotografias de pizzas de fruta na internet, quem me acabou por dar a ideia foi a minha irmã Susana, que fez uma que eu só vi em fotografias.

Chá das Cinco: Receita de pizza de fruta

Não se deixem enganar pelo aspecto saudável. Esta “pizza” leva fruta, sim, mas tem uma base de bolacha, recheio de queijo creme, semelhante à cobertura de queijo creme, e a fruta é pincelada com mel para ficar brilhante.

Se prepararem a pizza para um brunch, podem preparar a base de bolacha na noite anterior e deixar a fruta cortada com sumo de limão (para que não oxide) – de manhã façam o recheio, decorem e levem ao frio antes dos convidados chegarem.

Pizza de fruta

  • Servings: 8 fatias
  • Imprimir

Chá das Cinco: Receita de pizza de fruta

Ingredientes

Base

  • 190 g farinha sem fermento
  • 1/2 c. fermento em pó
  • 1/4 c. bicarbonato de sódio
  • 1/4 c. sal
  • 170 g açúcar
  • 115 g manteiga sem sal, à temperatura ambiente
  • 1 ovo
  • 1 c. extracto de baunilha

Recheio

  • 225 g queijo creme
  • 60 g açúcar
  • 1/2 c. extracto de baunilha

Cobertura

  • Fruta a gosto, em pedaços pequenos
  • 60 ml mel

Preparação

Base

  1. Pre-aqueça o forno a 180ºC e prepare uma forma de pizza, forrando-a com papel vegetal;
  2. Numa taça grande misture a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal;
  3. Com uma batedeira eléctrica em velocidade média-alta bata a manteiga e o açúcar até cremoso e leve;
  4. Adicione o ovo e a baunilha, batendo até que fique um creme fofo e claro;
  5. Com a batedeira na velocidade mínima, ou com um batedor de varas, incorpore a mistura de farinha;
  6. Distribua uniformemente a massa sobre a forma de pizza e leve ao forno durante 12-14 minutos ou até que fique dourada;
  7. Deixe arrefecer completamente sobre uma grelha antes de rechear.

Recheio e cobertura

  1. Com uma batedeira eléctrica na velocidade máxima, bata o queijo creme, o açúcar e a baunilha até obter um creme fofo e leve;
  2. Recheie a base de bolacha uniformemente com o creme de queijo;
  3. Distribua a fruta cortada sobre a pizza;
  4. Pincele com mel e leve ao frigorífico durante, pelo menos, 2 horas antes de cortar.

1 fatia: 486 calorias, 22 g gordura, 65 g hidratos de carbono, 6 g proteina

Que outras pizzas doces sugerem?

Chá das Cinco: Receita de Cheesecake de pêssego

Eu sei que quando partilhei a receita do cheesecake nova iorquino disse que a minha família não gosta propriamente dos cheesecakes semi-frios (mais comuns em Portugal) e que eu lhe dava razão. Mas isso foi antes de conseguir uma receita que leva quase os mesmos ingredientes que o cheesecake cozinhado mas que, por ser semi-frio, sabe muito melhor nos dias quentes de verão.

Chá das Cinco: Receita de Cheesecake de pêssego

Há já muito tempo que recebo mensagens a pedir-me receitas de cheesecakes semi-frios e eu respondo sempre o mesmo: “infelizmente não tenho. Quando eu tiver, partilho”. Há uns tempos encontrei, em casa dos meus pais, um livro antigo sul africano com imensas receitas de cheesecakes – de forno, semi-frios, doces e salgados. Nessa noite, enquanto as outras pessoas liam romances antes de ir dormir, eu deliciei-me a ler receitas.

Chá das Cinco: Receita de Cheesecake de pêssego

Tenho ido à Serra da Estrela com alguma frequência para dar início ao meu projecto mais recente, a Casa da Tecedeira, uma Casa de Campo com cinco quartos e um apartamento muito romântico independente. Cada vez que lá vou a Isabel, a dona da casa, dá-me fruta e vegetais que crescem no jardim dela; desta vez vim carregada de pêssegos, que triturei e juntei neste cheesecake muito veranil.

Cheesecake semi-frio de pêssego

  • Servings: 20 cm ∅ - 12 fatias
  • Imprimir

Chá das Cinco: Receita de Cheesecake de pêssego

Ingredientes

  • 50 g manteiga, derretida
  • 25 g açúcar mascavado
  • 100 g bolacha maria
  • 12 folhas gelatina
  • 90 ml água
  • 400 g pêssego
  • Casca 1/2 laranja, ralada
  • 2 C. sumo de laranja
  • 225 g queijo creme
  • 2 ovos, separados
  • 100 g açúcar
  • 150 g iogurte grego

Preparação

  1. Unte o interior de uma forma de mola com manteiga;
  2. Num robot de cozinha triture as bolachas até parecerem farinha. Junte a manteiga derretida e o açúcar e misture até homogéneo;
  3. Prense a mistura de bolacha no fundo da forma com a ajuda de uma colher, criando uma base uniforme;
  4. Coloque a gelatina em água fria e deixe que hidrate, cerca de 5 minutos.
  5. Escorra a gelatina, apertando-a ligeiramente e leve-a a lume brando, num tacho pequeno, com a água, para que se dissolva;
  6. Numa liquidificadora ou com uma varinha de imersão, triture os pêssegos, a casca de laranja ralada e o sumo de laranja, até obter um creme macio;
  7. Junte a gelatina dissolvida ao creme de pêssego, misturando bem;
  8. Com uma batedeira eléctrica, bata o queijo creme até ficar suave;
  9. Junte as gemas, o açúcar e o iogurte grego, continuando a bater;
  10. Misture o creme de pêssego e envolva até uniforme;
  11. Bata as claras em castelo e incorpore-as na massa, com um batedor de varas;
  12. Verta a massa sobre a base, alisando o topo;
  13. Leve ao frigorífico durante pelo menos 3 horas, ou até que solidifique completamente;
  14. Com a ajuda de uma faca solte as laterais do cheesecake e decore a gosto antes de servir;

1 fatia: 212 calorias, 13 g gordura, 20 g hidratos de carbono, 4 g proteina

Vou experimentar outras receitas de cheesecakes semi-frios. Que sabores recomendam?

Molho de manteiga de amendoim para fruta

Chá das Cinco: Receita de molho de iogurte e manteiga de amendoim para fruta 5

Vendo pelo blog, parece que a minha dieta gira em torno de bolos, cupcakes, tartes e outros que tais; mas não é bem assim. A verdade é que tento manter uma alimentação saudável e os bolos, cupcakes e outros que tais são apenas uma minúscula parte do que realmente como. Por isso, no último brunch, procurei ter opções mais saudáveis; uma delas foi este molho de manteiga de amendoim caseira e iogurte, servido com fruta fresca.

Chá das Cinco: Receita de molho de iogurte e manteiga de amendoim para fruta 5

O meu brunch é, pelo menos, composto por uma opção salgada, uma opção doce, uma opção de ovos e uma opção de fruta. A opção de fruta inclui, muitas vezes, o iogurte como acompanhamento: salada de fruta com iogurte, granola e fruta escalfada, overnight oats, etc. Com tantas opções acabamos, muitas vezes, apenas a petiscar disto ou daquilo, por isso nada melhor do que uma opção que fosse mesmo para servir de petisco.

Chá das Cinco: Receita de molho de iogurte e manteiga de amendoim para fruta 5

Fiz a manteiga de amendoim caseira dois dias antes, bastando para isso apenas triturar amendoins torrados (sem pele). Na noite anterior preparei o molho e guardei-o no frigorífico para, de manhã, só ter de cortar a fruta e servi-lo bem fresquinho.

Molho de manteiga de amendoim para fruta

  • Servings: 400 ml
  • Imprimir

Chá das Cinco: Receita de molho de iogurte e manteiga de amendoim para fruta 5

Ingredientes

  • 300 ml iogurte grego natural
  • 85 ml manteiga de amendoim cremosa
  • 1 c. extracto de baunilha
  • 15 ml mel

Preparação

  1. Numa taça misture, com um batedor de varas, todos os ingredientes até obter uma mistura homogénea;
  2. Reserve no frigorífico, num recipiente fechado, até servir.

40 ml: 85 calorias, 5 g gordura, 5 g hidratos de carbono, 5 g proteina

Que outras opções de fruta sugerem?

Tarte de cereja

Chá das Cinco: Receita de tarte de cereja

A mercearia da minha rua tem à porta, há quase um mês, uma banca de cerejas; e com o passar das semanas o preço baixou tanto que era impossível não comprar um saco cheio. Como não consigo comer assim tantas cerejas, uma noite decidi descaroça-las e preparar uma tarte.

Chá das Cinco: Receita de tarte de cereja

Há dois anos tive uma fase em queria experimentar todas as tartes, das de fruta de verão às de abóbora do outono, mas a minha tarteira deixou-me frustrada. Tinha uma tarteira daquelas que “vêm com a casa” – com cerca de 30 centímetros de diâmetro, fundo amovível e a lateral baixa e ondulada – e que não facilitava nada as côdeas decoradas nem tartes bem recheadas. Um dia perdi a cabeça, fui a uma loja de hotelaria e não me contive, comprei três formas diferentes.

Chá das Cinco: Receita de tarte de cereja

Para esta tarte usei uma tarteira funda com 20 cm de diâmetro e rebordo liso, mas, se me seguem no instagram, podem ver que repeti a receita, diminuindo ligeiramente as quantidades, e utilizei uma tarteira de 12 cm de diâmetro com fundo amovível sem quaisquer problemas. Se a única tarteira que tiverem disponível tiver cerca de 30 cm não há problema; para que a tarte fique bem cheia e a massa com a espessura correcta, basta fazer a receita (completa) 1,5 vezes.

Tarte de cereja

  • Servings: 10 fatias - 20 cm ∅
  • Imprimir

Chá das Cinco: Receita de tarte de cereja

Ingredientes

Recheio

  • 750 g cerejas descaroçadas
  • 35 g amido de milho
  • 300 g açúcar
  • 1 c. sal
  • 1/2 c. extracto de amêndoa

Massa deve ser feita duas vezes

  • 190 g farinha
  • 35 g açúcar
  • 1/2 c. sal
  • 75 g manteiga sem sal, bem fria, cortada em cubos
  • 30 ml água gelada
  • 30 ml leite gelado

Decoração

  • Leite
  • Açúcar

Preparação

Recheio

  1. Leve a lume alto as cerejas e cozinhe-as cerca de 5 minutos;
  2. Junte o açúcar, o amido de milho, o sal e o extracto de amêndoa, envolvendo bem;
  3. Mexendo com frequência, deixe o recheio engrossar ao lume durante cerca de 10 minutos;
  4. Transfira para uma taça e reserve até que arrefeça completamente;

Massa

  1. Num robot de cozinha (ou na Bimby em velocidade 5) misture a farinha, o açúcar e o sal;
  2. Junte a manteiga e triture apenas uns segundos – a manteiga não deve aquecer nem formar uma pasta;
  3. Junte a água e o leite gelado e triture novamente até homogéneo, mas sem deixar que se forme uma bola, a massa deve estar em pedaços;
  4. Com as mãos, forme uma bola achatada e embrulhe em película aderente. Reserve no frigorífico durante, pelo menos, 3 horas ou até uma semana;

Preparação

  1. Pré-aqueça o forno a 190ºC e unte a forma da tarte com manteiga;
  2. Polvilhe uma superfície de vidro ou mármore com farinha e estique uma dose de massa, com a ajuda de um rolo de cozinha polvilhado com farinha, até ter cerca de 3 mm de espessura;
  3. Enrolando a massa esticada no rolo, transfira-a para a tarteira;
  4. Calque ligeiramente para que a massa fique junto ao fundo e às laterais. Acerte o rebordo da massa deixando cerca de 1 centímetro de margem. Reserve no frigorífico;
  5. Com o mesmo método estenda a segunda dose de massa;
  6. Despeje o recheio da tarte na base preparada e cubra com a segunda dose de massa;
  7. Una as duas camadas de massa dobrando-as para fora. Decore ao seu gosto, fazendo uns pequenos furos para que o vapor possa sair enquanto a tarte cozinha;
  8. Pincele com leite e polvilhe com açúcar granulado;
  9. Leve ao forno durante 50 minutos ou até que o topo esteja dourado. Se necessário coloque a tarte sob a grelha durante 5 a 10 minutos;
  10. Deixe arrefecer durante três horas ou até arrefecer completamente antes de servir.

1 fatia: 311 calorias, 13 g gordura, 46 g hidratos de carbono, 4 g proteína

Lembram-se de, nos desenhos animados, as donas de casa deixarem as tartes no parapeito da janela e da agonia que era ter de esperar que arrefecessem? É verídico, mas vale a pena esperar.