Chá das Cinco: Receita de bolachas com pepitas de chocolate ou chocolate chip cookies

Nunca fui de jogar jogos de equipa, mas, talvez por ser mais alta do que o normal para a minha idade, quando era mais nova jogava basquete. Quando fui para os EUA estudar tentei fazer parte da equipa feminina de basquete da escola, em vez de ter aulas de educação física “normais”, que implicavam jogar baseball e futebol americano, cujas regras eu nem conhecia, contra pessoas que o tinham jogado a vida toda.

Chá das Cinco: Receita de bolachas com pepitas de chocolate ou chocolate chip cookies

Quando consegui fazer as provas para a equipa, muito depois das provas oficiais, percebi que o nível de basquete das finalistas do secundário nos EUA era muito superior ao que esperavam de mim na equipa em que tinha estado no ano anterior. Felizmente as treinadoras viram a minha vontade em aprender e pediram-me para ficar como manager da equipa, o que me permitia ir a todos os jogos, mesmo fora de casa, e aprender basquete fora do campo.

Chocolate chip cookies 3

Quase todas as semanas saiamos das aulas mais cedo, num autocarro da escola, para andarmos horas até à escola onde seria o jogo. Ao regresso, meias ensonadas, passávamos num fastfood para jantar. Tínhamos, cada uma, $5 para usar na nossa refeição e, a maior parte das vezes, metade era gasto em bolachas com pepitas de chocolate para ir comendo no caminho de regresso.

Bolachas com pepitas de chocolate

  • Servings: 25 bolachas
  • Imprimir

Chá das Cinco: Receita de bolachas com pepitas de chocolate ou chocolate chip cookies

Ingredientes

  • 240 g farinha sem fermento
  • 2/3 c. sal
  • 1/2 c. fermento em pó
  • 1/2 c. bicarbonato de sódio
  • 145 g manteiga sem sal, à temperatura ambiente
  • 140 g açúcar mascavado
  • 175 g açúcar
  • 1 ovo
  • 1/2 c. extracto de baunilha
  • 160 g pepitas de chocolate

Preparação

  1. Pré-aqueça o forno a 180ºC e forre um tabuleiro com papel vegetal;
  2. Numa taça média, misture a farinha, o sal, o fermento e o bicarbonato de sódio;
  3. Com uma batedeira eléctrica, bata a manteiga com os açúcares até formarem um creme fofo;
  4. Incorpore o ovo e o extracto de baunilha, batendo até a mistura estar cremosa e homogénea;
  5. Junte os ingredientes secos ao creme de manteiga, lentamente, batendo em velocidade baixa. A massa irá estar peganhenta;
  6. Incorpore as pepitas de chocolate;
  7. Faça bolinhas de massa com cerca de 25 g e coloque-as no tabuleiro previamente preparado, espalmando-as ligeiramente;
  8. Leve ao forno pré-aquecido cerca de 15 minutos. Ao retirar do forno as bolachas ainda estarão moles, irão endurecer quando arrefecerem. Deixe-as arrefecer no tabuleiro 5 minutos antes de as transferir para uma grelha para que arrefeçam completamente.

1 bolacha: 157 calorias, 7 g gordura, 23 g hidratos de carbono, 2 g proteina

De que equipas faziam parte na escola?

Anúncios

Churros 1

Há coisa de um ano, mesmo antes da reviravolta que a minha vida deu, fui, com a minha irmã Susana, almoçar a casa da minha avó. Hábil cozinheira e sempre a querer ver os netos felizes, a minha avó ofereceu-se para fazer os churros de que eu falava há tanto tempo.

Chá das Cinco: Receita de churros

Embora a minha avó seja espanhola e tivesse a máquina para fazer os churros, um estilo de bomba de pressão, por mais que procurássemos não encontrávamos a receita nos tantos apontamentos que a minha avó foi fazendo ao longo dos anos e que, na realidade, nem usa. Acabámos a procurar receitas online e a minha avó guiou-se pela intuição.

Chá das Cinco: Receita de churros

A preparação empregou-nos a todos: enquanto a minha avó fritava os churros, eu tentava espremer a massa para fora da bomba (o que não foi tarefa fácil), a Susana cortava-os e levava para o lume, enquanto o Ricardo os passava em açúcar em canela. Depois de tanto trabalho, fiquei deliciada e a vontade satisfeita durante um ano. Agora, depois de ter aprendido com a melhor, fiz a minha própria versão dos churros – não tão espanhóis, mas mais fáceis de tirar do saco de pasteleiro – e do chocolate quente.

Churros

  • Servings: 40 churros
  • Imprimir

Churros 2

Ingedientes

  • 250 ml água morna
  • 110 g margarina sabor manteiga
  • 35 g açúcar
  • 1/4 c. sal
  • 195 g farinha sem fermento
  • 3 ovos
  • óleo q. b.
  • 10 C. açúcar + 1 C. canela em pó

Preparação

  1. Num tacho médio, aqueça a água, a manteiga, cortada em cubos, o açúcar e o sal, até a manteiga derreter e a mistura estar a ferver;
  2. Remova do lume e, com uma colher de pau, misture vigorosamente a farinha até formar uma massa uniforme;
  3. Leve o tacho com a massa a lume brando e, mexendo vigorosamente, deixe que a farinha cozinhe, entre 3 a 5 minutos. A massa deve ficar brilhante e formar uma bola no centro facilmente;
  4. Coloque a massa na taça de uma batedeira e bata-a em velocidade média-baixa durante cerca de 5 minutos, ou até estar apenas morna;
  5. Aqueça o óleo num tacho grande;
  6. Numa taça pequena, bata os ovos;
  7. Junte os ovos à massa em três adições, deixando que a massa volte a ficar suave entre cada uma delas. Poderá não precisar de juntar a totalidade do terceiro ovo – a massa está pronta quando escorrer ligeiramente da espátula, deixando uma marca em V;
  8. Coloque a massa num saco de pasteleiro com um bico de estrela aberta;
  9. Quando o óleo estiver a ferver (160ºC) use o saco de pasteleiro para formar os churros: mantenha o saco perto do óleo, sem nunca lhe tocar, e utilize uma faca ou tesoura para dividir os churros em porções com cerca de 10 cm;
  10. Frite os churros durante cerca de 2 minutos de cada lado – devem ficar dourados e não escuros. Deixe escorrer numa travessa coberta com papel aderente ou numa rede;
  11. Cubra com açúcar e canela enquanto ainda estão quentes.

1 churro: 119 calorias, 8 g gordura, 11 g hidratos de carbono, 1 g proteina

Costumam cozinhar em família?

Chá das Cinco: Receita de chocolate quente de colher

A minha avó é uma óptima cozinheira e hábil costureira mas, até há uns anos, nenhuma das duas artes me despertava grande interesse. Embora tivesse passado muito tempo com a minha avó enquanto miúda, não me lembro de querer aprender a cozinhar ou de querer aprender a coser. Agora, que estou longe, passo dias inteiros na cozinha e comecei a dar os primeiros passos no mundo da costura.

Chá das Cinco: Receita de chocolate quente de colher

Da última vez que fui a Lisboa aproveitei o facto e ter ido de carro para, finalmente, trazer para o Porto a máquina de costura, dos anos 60, que a minha avó tinha guardado para mim, quando eu a quisesse. Trouxe a máquina de costura, com quase 15 kg, e um livro de costura do final dos anos 70, mas não pedi instruções à minha avó – o melhor era atirar-me de cabeça e logo se via.

Chá das Cinco: Receita de chocolate quente de colher

A Né, que faz alguma da própria roupa, ofereceu-se para vir passar a tarde comigo e ajudar-me a perceber como trabalhar com a máquina, para além de me trazer alguns retalhos que tinha lá por casa. Em troca, eu fiz churros e chocolate quente à espanhola, tal como a minha avó gosta e como a Né queria tanto comer há semanas.

Chocolate quente para comer à colher

  • Servings: 5 chávenas
  • Imprimir

Chá das Cinco: Receita de chocolate quente de colher

ingredientes

  • 1 C. amido de milho
  • 35 g açúcar
  • 1/2 c. cafe solúvel
  • 375 ml leite gordo
  • 125 ml natas (> 35% gordura)
  • 1/2 c. extracto de baunilha
  • 230 g chocolate preto (> 70% cacau), em pedaços pequenos

Preparação

  1. Num tacho médio, misture, com um batedor de varas, o amido de milho, o açúcar e o café solúvel;
  2. Junte aos poucos o leite, mexendo bem, para que fique sem grumos. Adicione as natas e o extracto de baunilha, mexendo até homogéneo;
  3. Leve a lume médio até que levante fervura, mexendo frequentemente;
  4. Retire do lume, junte o chocolate preto e deixe repousar 2 minutos, para que o chocolate derreta;
  5. Mexa vigorosamente para incorporar o chocolate completamente e sirva imediatamente. Caso o chocolate não tenha derretido por completo, aqueça a mistura em lume brando até que derreta por completo.

1 chávena: 438 calorias, 32 g gordura, 33 g hidratos de carbono, 6 g proteina

O que aprenderam com as vossas avós?

Tarte de chocolate e vinho

Chá das Cinco: Receita de tarte de ganache de chocolate e vinho

A minha avó é uma pessoa muito activa. Costumamos dizer que a reforma dá imenso trabalho: está sempre ocupada, parece que tem sempre uma aula ou passeio ou será umas horas de voluntariado? E ainda bem que assim o é. Se não fosse, não me teria vindo visitar, na semana passada, numa excursão da câmara.

Chá das Cinco: Receita de tarte de ganache de chocolate e vinho

Foi uma visita de médico e, para aproveitarmos o bom tempo que ainda estava, levei a minha avó e as amigas a almoçar ao bbGourmet. O almoço foi bom, mas a sobremesa deixou-me rendida – uma tartlet de chocolate e framboesa que eu comi tão lentamente que as amigas da minha avó comentaram no quanto eu estava a apreciar aquela miniatura.

Chá das Cinco: Receita de tarte de ganache de chocolate e vinho

Como eu não conseguia tirar nem a tartlet, nem a Né a comentar no quanto gostou do bolo de chocolate e vinho tinto da cabeça, juntei mais uma aula do The Kitchn sobre massa areada e fiz uma tarte com recheio de ganache de vinho tinto.

Tarte de chocolate e vinho

  • Servings: 12 fatias
  • Imprimir

Chá das Cinco: Receita de tarte de ganache de chocolate e vinho

Ingredientes

Base

  • 120 g manteiga sem sal, à temperatura ambiente
  • 45 g açúcar em pó
  • 1 gema
  • 1/2 c. sal
  • 225 g farinha sem fermento

Recheio

  • 200 g chocolate de culinária
  • 200 ml natas (>35% gordura)
  • 40 ml vinho tinto

Preparação

Base

  1. Com uma batedeira eléctrica bata em velocidade média-alta a manteiga e o açúcar até formar um creme fofo;
  2. Junte a gema e bata até estar homogéneo;
  3. Baixe a velocidade da batedeira para o mínimo e acrescente o sal e a farinha, batendo apenas até estar envolvido;
  4. Forme um disco com a massa e embrulhe bem em película aderente. Leve ao frigorífico durante, pelo menos, 30 minutos;
  5. Retire a massa do frigorífico e deixe repousar 10 minutos antes de estender, com um rolo da massa, até ter cerca de 4 mm de espessura;
  6. Cubra  uma carteira de fundo amovível com a massa, apare os rebordos e pique-a com um garfo ou use pesos de cozinha sobre uma folha de papel vegetal ou de alumínio;
  7. Leve novamente ao frigorífico durante 30 minutos e pré-aqueça o forno a 190ºC;
  8. Coza a tarte com os pesos durante 30 minutos, mais 10 minutos sem os pesos para que fique uniformemente dourada. Se perfurar a tarte coza-a apenas 30 minutos;
  9. Deixe arrefecer completamente.

Recheio

  1. Numa taça grande resistente ao calor, parta o chocolate em pedaços pequenos;
  2. Leve ao lume as natas até que comecem a ferver;
  3. Deite as natas a fervilhar sobre o chocolate partido e deixe repousar durante cerca de 5 minutos, ou até o chocolate estar derretido;
  4. Entretanto, num tacho pequeno, ferva o vinho durante uns segundos;
  5. Junte o vinho à mistura de natas e chocolate e misture bem com uma espátula, para que a fique homogéneo;
  6. Recheie imediatamente a tarte e leve ao frigorífico durante, pelo menos, duas horas, para que solidifique;

1 fatia: 306 calorias, 20 g gordura, 28 g hidratos de carbono, 4 g proteina

Qual foi a última sobremesa em que não conseguiram deixar de pensar?

Chá das Cinco: Receita de cupcakes de cookie dough

Uma das minhas fotos preferidas de infância é de mim e do meu primo André, com dois ou três anos, enfiados “dentro” de uma grande taça de musse de chocolate, todos lambuzados e cheios de sorrisos. Para mim é isso que lamber a taça, depois de fazer um bolo ou bolachas, me trás – um cheirinho da infância em que nenhum utensílio de fazer bolo era lavado sem antes ter sido completamente lambido.

Chá das Cinco: Receita de cupcakes de cookie dough

Há uns tempos, não sei se experimentaram, partilhei a receita da massa de bolacha para comer crua, que a Ana e a Né quiseram na forma de cakepops no seu aniversário. Estes cupcakes são isso, mas no formato de bolinho e são uma perdição.

Chá das Cinco: Receita de cupcakes de cookie dough

A massa é feita com manteiga queimada – soa esquisito, mas queimar a manteiga intensifica o seu sabor e dá uma textura quase de bolacha ao bolinho, onde se envolvem, também, pepitas de chocolate. Depois de cozinhado e arrefecido, o cupcake leva uma cobertura de massa de bolacha crua diluída com natas, que nos deixa a lamber os dedos.

Cupcakes de cookie dough

  • Servings: 12 cupcakes
  • Imprimir

Chá das Cinco: Receita de cupcakes de cookie dough

Ingredientes

Base

  • 155 g manteiga sem sal
  • 120 g farinha sem fermento
  • 1 c. fermento em pó
  • 50 g de açúcar
  • 75 g açúcar mascavado
  • 2 ovos
  • 1 c. extracto de baunilha
  • 3 C. leite
  • 150 g pepitas de chocolate

Cobertura

  • 160 g farinha sem fermento
  • 1/2 c. sal
  • 80 g manteiga sem sal, à temperatura ambiente
  • 60 g açúcar
  • 100 g açúcar mascavado
  • 1 C. extracto de baunilha
  • 60 ml leite
  • 200 ml natas

Preparação

  1. Num tacho pequeno, aqueça a manteiga em lume brando durante cerca de 5 minutos, ou até dourada;
  2. Coe a manteiga e leve ao frigorífico para arrefecer durante cerca de 10 minutos;
  3. Pre-aqueça o forno a 200ºC e prepare 12 formas de cupcake untando-as ou utilizando forminhas de papel;
  4. Numa taça, misture bem a farinha, o fermento, o sal e os açúcares;
  5. Com uma batedeira eléctrica bata na velocidade máxima a mistura de farinha com os ovos, o extracto de baunilha e a manteiga queimada (à temperatura ambiente) até criar uma massa homogénea;
  6. Baixe a velocidade da batedeira e acrescente o leite;
  7. Misture as pepitas de chocolate com meia colher de chá de farinha e junte 2/3 à massa;
  8. Divida a mistura entre as formas, enchendo-as até cerca de 2/3 da altura;
  9. Divida as restantes pepitas sobre o topo da massa dos cupcakes;
  10. Leve os cupcakes ao forno durante 15 a 20 minutos ou até que um palito inserido no centro saia limpo;
  11. Deixe arrefecer na forma durante 10 minutos antes de transferir para uma grelha para que arrefeçam completamente.

Cobertura

  1. Numa taça grande bata, com uma batedeira eléctrica todos os ingredientes, excepto as natas, até criar uma massa homogénea;
  2. Junte aos poucos as natas e bata em velocidade alta até atingir a consistência desejada.

1 cupcake: 445 calorias, 26 g gordura, 50 g hidratos de carbono, 4 g proteina

Qual é a vossa foto de infância preferida?

Chá das Cinco: Receita de bolo de chocolate e vinho tinto 1

Quando faço bolos para oferecer gosto de surpreender. Por isso, quando o João fez anos, quis fazer um bolo que tivesse a ver com ele, não fosse apenas um bolo de aniversário. Para além de o João já ter sido produtor de vinho, é, acima de tudo, um grande apreciador.

Chá das Cinco: Receita de bolo de chocolate e vinho tinto 1

Surpreendi o João com o bolo e tentei que ele adivinhasse qual o ingrediente secreto que tornava o bolo especialmente feito para ele – e não é que ele não adivinhou? No fim, quando outro amigo sugeriu o vinho tinto, o João confessou que nunca tinha pensado num bolo de vinho.

Chá das Cinco: Receita de bolo de chocolate e vinho tinto 1

Mas a combinação é tão explosiva que tive de repetir o bolo para o brunch deste fim-de-semana. Segundo a descrição da Né “este é o bolo que queremos comer quando temos desejo de comer um bolo e comemos um qualquer só para matar o desejo, mas que nunca é exactamente o que procurávamos”. Mas não se fiquem pela palavra da Né, aproveitem o resto daquela garrafa que ficou do jantar de ontem e façam este bolo ainda hoje.

Bolo de chocolate e vinho tinto

  • Servings: bolo de 12 cm ∅ - 1 kg
  • Imprimir

Chá das Cinco: Receita de bolo de chocolate e vinho tinto 1

Ingredientes

Bolo

  • 105 g farinha sem fermento
  • 40 g cacau em pó
  • 1/2 c. bicarbonato de sódio
  • 1/4 c. sal
  • 1/4 c. canela em pó
  • 115 g margarina com sabor a manteiga, à temperatura ambiente
  • 125 g açúcar
  • 1 ovo
  • 1 c. extracto de baunilha
  • 150 ml vinho tinto

Recheio

  • 180 g açúcar em pó
  • 110 g manteiga sem sal, à temperatura ambiente
  • 1 c. pasta de baunilha ou sementes de 1 vagem de baunilha
  • 1 C. leite frio

Cobertura

  • 50 g chocolate 70% cacau
  • 20 g manteiga sem sal
  • 1/8 c. sal
  • 30 g açúcar em pó
  • 30 ml vinho tinto

Preparação

Bolo

  1. Pre-aqueça o forno a 180ºC e unte três formas iguais com manteiga e polvilhe bem com farinha;
  2. Numa taça grande misture a farinha, o cacau, o bicarbonato, o sal e a canela;
  3. Com uma batedeira eléctrica em velocidade média alta bata a manteiga e o açúcar até cremoso e leve;
  4. Adicione o ovo e a baunilha, batendo até que fique um creme fofo e claro;
  5. Com a batedeira na velocidade mínima, ou com um batedor de varas, incorpore a farinha e o vinho tinto, intervalados, começando e acabando com a farinha;
  6. Divida a mistura entre as três formas e leve ao forno durante 20 minutos ou até que um palito inserido no centro saia limpo;
  7. Deixe arrefecer na forma durante cerca de 10 minutos antes de transferir para uma  grelha para que arrefeça completamente.

Recheio

  1. Com uma batedeira eléctrica, bata em velocidade alta a manteiga até cremosa;
  2. Junte o açúcar em pó e bata durante cerca de 5 minutos;
  3. Lentamente, junte a pasta ou as sementes de baunilha e o leite e continue a bater o creme durante 1 minuto.

Cobertura

  1. Em banho maria derreta o chocolate, a manteiga e o sal;
  2. Num tacho pequeno, leve ao lume o vinho até que levante fervura;
  3. Com um batedor de varas, incorpore o açúcar na mistura de chocolate, até homogéneo;
  4. Junte o vinho ligeiramente fervido;
  5. Mexa a cobertura com o batedor de varas até arrefecer, cerca de 2 minutos. Cubra o bolo enquanto a cobertura estiver morna e líquida.

100 g: 384 calorias, 21 g gordura, 46 g hidratos de carbono, 3 g proteina

Como é o bolo que sempre quiseram comer e nunca encontraram?