Do workshop para o blog – Rolinhos de espinafres e frango

Rolinhos de espinafres e philadelphia 9

A Né falou-me há uns tempos que gostava de fazer um curso ou um workshop de culinária, por isso, no aniversário dela, ofereci-lhe um workshop de Brunch com a Joana Roque no Workshops Pop Up. Era o workshop ideal para fazermos juntas, especialmente depois da nossa resolução de ano novo de fazermos um Brunch juntas no último sábado de todos os meses.

Rolinhos de espinafres e philadelphia 1

Do workshop ficaram várias ideias para desenvolver e experimentar – se me seguem no Twitter devem ter visto que a Né recriou quase todas no fim-de-semana passado para os nossos amigos.

Eu aproveitei a ideia dos rolinhos, originalmente de fiambre e queijo, para dar uso aos espinafres biológicos que também vieram no meu último cabaz do Prove.

Rolinhos de espinafres e philadelphia 2

Não se assustem com o número de passos, estes rolinhos são fáceis de fazer, óptimos para personalizar e podem ser congelados para serem comidos durante a semana no trabalho ou quando dá preguiça de fazer o jantar.

Rolinhos de espinafres e frango

  • Servings: 10 rolinhos
  • Imprimir

Ingredientes

Massa

  • 125 ml leite morno (37ºC)
  • 1 saqueta levedura de padeiro (melhores resultados com Fermipan)
  • 350 g farinha sem fermento
  • sal q.b.
  • 1 ovo
  • 60 g manteiga sem sal amolecida
  • 1 C. leite + 1 gema (para pincelar)

Recheio

  • 200 g queijo Philadelphia
  • 1 peito de frango cozido desfiado
  • 300 g espinafres frescos
  • sal e pimenta

Preparação

  1. Num robot de cozinha (ou na Bimby) polvilhe a levedura de padeiro sobre o leite morno e deixe que este se dissolva sozinho, cerca de 5 minutos;
  2. Junte a farinha, o sal, o ovo e a manteiga e triture até que se forme uma bola (na Bimby em velocidade 4 ou 5 durante cerca de 2 min);
  3. Se a massa não formar uma bola ou estiver demasiado pegajosa ao toque, adicione um pouco mais de farinha e volte a misturar; caso esteja demasiado seca, acrescente um pouco mais de leite morno. A massa deve ficar macia e elástica, mas não líquida;
  4. Transfira a massa para uma taça e deixe levedar, coberta com película aderente, durante cerca de 30 minutos ou até dobrar de volume;
  5. Numa bancada polvilhada com farinha, estique a massa em formato rectangular até ficar com cerca de 3 mm de espessura;
  6. Barre o queijo com cuidado sobre a massa, tendo cuidado para deixar uma margem de cerca de 1 cm de um dos lados (para fechar a massa);
  7. Distribua uniformemente o frango desfiado, os espinafres e tempere com sal e pimenta;
  8. Enrole a massa sobre si mesma, começando no lado oposto à margem sem queijo, mantendo-a o mais apertada possível;
  9. Retire as pontas, divida o rolo em 10 pedaços e coloque num tabuleiro coberto com papel vegetal;
  10. Pre-aqueça o forno a 180ºC;
  11. Deixe levedar cerca de 30 minutos em local morno;
  12. Bata a gema de ovo com o leite e pincele os rolinhos com a mistura antes de levar ao forno durante cerca de 30 minutos ou até ficarem dourados.

1 rolinho: 251 calorias, 12 g gordura, 26 g hidratos de carbono, 9 g proteina

Que personalizações fariam a estes rolinhos?

Anúncios

Peito de frango Margherita

Peito de frango recheado Margherita - Chá das Cinco - blog

Como era de imaginar, morar um semestre em Itália deixou-me ainda mais apaixonada pela cozinha italiana do que já era. Fiquei viciada em gelato, em cappuccino, em focaccia e, especialmente, em pizza. Mas não foi em qualquer pizza que me apaixonei – foi na Margherita, a mais simples das pizzas. Diz-se que a pizza Margherita terá sido concebida com as cores da bandeira nacional – verde, branco e vermelho – para servir a Rainha Margherita di Savoia, em 1889, numa visita Nápoles. Este mito já foi, no entanto, refutado por um historiador que diz que o nome vem mesmo do desenho feito pela disposição das fatias do queijo mozzarella na pizza.

Peito de frango recheado Margherita - Chá das Cinco - blog

Seja qual for a origem, eu sou fã.
O frango recheado não é a mesma coisa que comer uma pizza acabadinha de cozer, mas é uma alternativa um bocadinho mais saudável e bastante mais rápida de preparar.

Peito de frango recheado Margherita - Chá das Cinco - blog

Na altura de comprar mozzarella verifiquem a qualidade – não há nada como a verdadeira mozzarella de búfala, não se deixem levar pela de vaca (mais comum).
Esqueço-me sempre de comprar cordel de cozinha, mas há sempre linha em casa e dá para improvisar, para além disso, não fica bem a linha dourada?

Peito de frango Margherita

Peito de frango recheado Margherita - Chá das Cinco - blog

Ingredientes

  • 2 meios-peitos de frango
  • 1 bola de queijo mozzarella
  • 1 molho de folhas de manjericão (cerca de 12 folhas)
  • 1 tomate grande
  • sal e pimenta q.b.

Preparação

  1. Abra os peitos de frango e tempere-os com sal e pimenta;
  2. Corte o queijo e o tomate às tiras e separe as folhas lavadas;
  3. Disponha o queijo, o tomate e as folhas de manjericão no centro do peito e enrole-o sobre si mesmo. Utilize uma corda de sisal para cozinha e amarre o peito de frango enrolado, de forma a manter o recheio preso;
  4. Grelhe em lume brando, rodando para que todos os lados fiquem completamente cozinhados;
  5. Sirva simples ou com molho de tomate e manjericão.

1 peito recheado: 340 calorias, 18 g gordura, 4 g hidratos de carbono, 36 g proteina