Massa fresca

Chá das Cinco: Receita de massa fresca

Quando cheguei a Itália, para fazer Erasmus, tudo o que eu sabia cozinhar era “massa com coisas”. Todos os estudantes estão familiarizados com isto; é só cozer a massa, juntar coisas, idealmente em lata, e já está. Por isso, quando me foi proposto desenvolver um projecto que fosse “um sonho” mas que não envolvesse computadores decidi que queria aprender a cozinhar comida italiana a sério.

pasta-fresca-2

Os meus colegas foram logo muito prestáveis – trouxeram-me livros de culinária das avós, partilharam as receitas e dicas preferidas e, a Francesca apresentou-me o pai, que era apaixonado pela cozinha e que me ensinou tudo o que sabia. Para a apresentação do meu projecto, porque não me podia esquecer de que era um projecto de faculdade e tinha de ter uma apresentação, fiz um livro de culinária italiano, escrito à mão, e apresentei ao professor uma refeição completa de pratos italianos acompanhados pelo vinho certo.

Chá das Cinco: Receita de massa fresca

Entre tantos pratos e experiências, o meu primo piatto acabou por ser um raviollo de espinafres e ricotta com manteiga de salva. Para isso tive de fazer a massa à mão, várias vezes, estica-la com uma garrafa de vinho vazia e corta-la com um copo de vidro, porque na minha casa de estudante Erasmus não havia nem rolo da massa nem quaisquer cortadores.

Massa fresca

  • Servings: 4 pessoas
  • Imprimir

pasta-fresca-12

Ingredientes

  • 400 g farinha sem fermento
  • 4 ovos M
  • 1 pitada de sal

Preparação

  1. Num robot de cozinha (ou na Bimby) colocar todos os ingredientes e triturar até formar uma bola;
  2. Retirar a massa para uma superfície enfarinhada e trabalha-la com as mãos durante cerca de 10 min, segurando a massa com a mão esquerda e esticando-a com a direita, para depois dobrar a parte esticada sobre si mesma e repetir o processo. No final a massa deve estar brilhante e lisa;
  3. Envolver em película aderente e deixar repousar 15 minutos;
  4. Cortar a massa em 8 pedaços e estica-los, utilizando uma máquina própria ou um rolo da massa. Na máquina a massa deve ser sempre esticada primeiro na posição mais aberta, duas ou três vezes, e depois ir reduzindo a abertura a cada passagem. Após esticada, corte-a o no formato desejado;
  5. Cozer a massa em bastante água salgada, a ferver, durante 3 minutos ou até que flutue. Escorra-a imediatamente e, caso ainda não tenha o molho pronto ou não a vá servir de seguida, regue-a com um fio de azeite para que se mantenha separada.

Notas
1. A água para cozer a massa deve estar sempre a ferver, ou seja, a formar grandes bolhas, para que a massa não se cole a si mesma.
2. Caso utilize esta massa para lasagna, não é necessária cozedura prévia.

Anúncios

Puré de abóbora e especiarias para abóbora

Chá das Cinco: Receita de pure de abóbora e especiarias

Quem passa algum tempo em redes sociais com forte presença norte americana, certamente já se deparou com uma paixão inexplicável dos americanos pelos “pumpkin spice latte”,  pela tarte de abóbora e, na realidade, por tudo o que envolva abóbora e lembre, de alguma forma, o outono.

Chá das Cinco: Receita de pure de abóbora e especiarias

A abóbora em doce não é estranha na nossa confeitaria, eu conheço o doce de abóbora e os sonhos de abóbora (certamente haverão outros), mas para além de lhe juntar canela não nos aventuramos muito mais. Já os americanos têm a tal “especiaria para abóbora”, que é uma mistura de canela, gengibre, cravinho e noz-de-moscada, e pela qual são tão apaixonados que a usam desde na tarte de abóbora a gelados.

Chá das Cinco: Receita de pure de abóbora e especiarias

Quando fui a Seia há umas semanas a Luisa trouxe-me, da quinta da tia, duas abóboras para fazer doce e eu fui criando uma lista de receitas de abóbora que gostava de experimentar. Enquanto as receitas de abóbora não chegam ao blog, aqui ficam as instruções para preparar o puré de abóbora caseiro e como fazer a mistura de especiarias para abóbora.

Puré de abóbora

  • Imprimir

Chá das Cinco: Receita de pure de abóbora e especiarias

Ingredientes

  • Abóbora

Preparação

  1. Pré-aqueça o forno a 180ºC e forre um tabuleiro com papel de alumínio;
  2. Lave bem a abóbora e corte-a ao meio ou, caso seja muito grande, em quartos;
  3. Retire as sementes (pode-se reservar e torrar) e o centro fibroso;
  4. Coloque a a abóbora no tabuleiro, com a casca virada para cima, e leve ao forno entre 45 a 60 minutos, dependendo da abóbora. A casca irá ficar tostada e a polpa deve estar mole;
  5. Separe a polpa da casca. Descarte a casca;
  6. Com uma liquidificadora ou varinha mágica, triture a polpa da abóbora até formar um puré uniforme;
  7. Coloque um pano sobre um coador e verta dentro deste a abóbora, de forma a criar uma rede apertada para escorrer o líquido e obter um puré consistente;
  8. Coe o puré durante cerca de 12 horas e reserve-o no frigorífico ou congele.

Especiarias para abóbora

Chá das Cinco: Receita de pure de abóbora e especiarias

Ingredientes

  • 3 1/2 C. canela em pó
  • 2 c. gengibre em pó
  • 2 1/2 c. noz-de-moscada
  • 2 c. cravinho em pó

Preparação

  1. Num frasco limpo, coloque todas as especiarias e misture até homogéneo.

Que receitas doces conhecem com abóbora?