Donuts caseiros

Receita donuts fritos

Há coisa de um ano tive imensas saudades dos donuts americanos – muito parecidos com bolas de Berlim, muitas vezes sem buraco no meio e com recheios deliciosos. Na altura havia uma casinha no centro do Porto que só vendia donuts, mas que fechou em pouco tempo e eu voltei a ficar sem poder comer donuts. Ainda tentei enganar-me com os da Panrico, mas não é a mesma coisa.

Receita donuts fritos

Na terça-feira gorda descobri que, embora a tradição dos países anglo-saxofonicos seja comer panquecas, a tradição portuguesa (e não só) são uma espécie de donuts – em Portugal são as malassadas, que têm uma massa com um sabor semelhante ao bolo-rei e são originárias dos arquipélagos.

Receita donuts fritos

Se seguem o meu instagram viram que, na terça-feira de Carnaval, experimentei vários tipos de donuts/malassadas. Esta foi a melhor receita que encontrei, até agora. Embora implique muitas horas de descanso é relativamente fácil de fazer e os donuts ficam fofos e grandes, óptimos para rechear. Para além de cobertos com açúcar ou açúcar e canela, estes donuts ficam óptimos cobertos com chocolate derretido ou com uma cobertura de açúcar.

Donuts

  • Servings: 10 donuts
  • Tempo: 60 minutos + 9 horas de descanso
  • Imprimir

Receita donuts fritos

Ingredientes

  • 160 ml leite morno (37ºC)
  • 1 saqueta levedura de padeiro (melhores resultados com Fermipan)
  • 525 g farinha sem fermento
  • 80 g açúcar
  • 7 g sal fino
  • 3 ovos
  • 100 g manteiga amolecida
  • 1 c. extracto de baunilha
  • Óleo q.b. para fritar
  • Açúcar ou outra combinação para cobrir e/ou rechear

Preparação

  1. Numa taça grande polvilhe a levedura de padeiro sobre o leite morno e deixe que este se dissolva sozinho, cerca de 5 minutos;
  2. Junte ao leite a farinha, o açúcar, o sal e os ovos e bata com uma batedeira com as pás de gancho durante cerca de 3 minutos, até a mistura estar homogénea;
  3. Adicione a manteiga e o extracto de baunilha, batendo a mistura até suave e lisa, cerca de 6 minutos. A massa deve ficar espessa mas não seca, ligeiramente mais húmida do que massa para pão;
  4. Embrulhe a massa em película aderente e leve ao frigorífico entre 6 a 16 horas;
  5. Estenda a massa numa superfície polvilhada com farinha e corte os donuts. Coloque-os, já cortados, em tabuleiros untados com óleo. Unte a superfície dos donuts com óleo e cubra com película aderente. Deixe levedar num lugar morno durante 3 horas;
  6. Em óleo quente frite os donuts durante cerca de 3 minutos de cada lado, dependendo do tamanho – devem ficar dourados e não escuros. Deixe escorrer numa travessa coberta com papel aderente ou numa rede;
  7. Cubra com açúcar enquanto ainda estão quentes ou deixe arrefecer por completo para rechear e/ou cobrir com glacé ou chocolate.

Notas: Os donuts devem ser comidos no mesmo dia em que são fritos.
Excepcionalmente, esta receita não tem calorias por ser frita e não me ser possível calcular a quantidade de óleo absorvida.

São fãs de donuts? Já os experimentaram recheados?

Advertisements

9 pensamentos sobre “Donuts caseiros

  1. Pingback: Doughnuts (ou donuts) de chocolate e caramelo salgado – CHÁ DAS CINCO

  2. Pingback: Panquencas de requeijão recheadas com chocolate – CHÁ DAS CINCO

  3. Pingback: Lemon curd – doce de limão | Chá das Cinco – blog

  4. Sofia! Aqui na terca feira gorda comem-se com sabes semlor, nao sabia a tradicao das panquecas, aqui comem-se no dia de nossa senhora, sim dias para todos os tipos de bolos na suecia :) fiz donuts no outro dia no restaurante com os estudantes, foi um sucesso, as senhoras da limpeza do hotel até levaram caixinhas de donuts para casa.
    Adorei o comentário que me deixaste acerca do teu avô!
    Lindas de morrer as tuas fotografias, como sempre :)
    beijinhos beijinhos

    Gostar

    • Segundo o que encontrei online a ideia era utilizar os ingredientes que se podiam estragar durante o jejum (total ou parcial) da quaresma! As utilizações desses ingredientes (geralmente a gordura e o açúcar) variam de país em país.
      Acho que gostava de viver num país que tivesse dias para todos os bolos, tinha sempre uma desculpa para experimentar bolos novos!
      Obrigada pelo teu comentário! :)

      Gostar

Deixe-me uma resposta ou comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s